Colégio das Artes da Universidade de Coimbra

Doutorandos em Arte Contemporânea

IMAGEM RESERVA TULE - CARLOS GORDILHO

Carlos Gordilho

Carlos Gordilho (1955) Artista Plástico e consultor cultural, integra o movimento da Arte da Performance em Portugal. Bolseiro da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Estudou língua e cultura francesa na Alliance Française, Paris, 1978; estudou língua neerlandesa no Koninklijk Instituut voor de Tropen, Amesterdão, 1989. Apresentou performances na SNBA, Lisboa, Desocultações Pinturas de Guerra, 1982 e Entardecer Revisitado, 1985, no Centro Georges Pompidou, Paris, De Helttor a Malttar: o deserto, 1984 e no Centro de Arte Moderna/F.C.G., Lisboa, Desencanto do Dia Claro e Interior Maldito, 1985, e ainda Minha Montanha Holandesa, 1989. Fundou o grupo de artes visuais Novo Selvagem, Almada, 1981; a revista Tendências & Locais, Amesterdão, 1987; a plataforma multidisciplinar para as artes Divisão Central, Almada, 1994. Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian na área de investigação em artes visuais, Amesterdão. Licenciado em Filosofia, Faculdade de Letras, Universidade Clássica de Lisboa; Pós-Graduado em Sociologia do Sagrado e do Pensamento Religioso, Universidade Nova de Lisboa; Mestre em Museologia e Museografia, Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa; cursou Teologia do Novo Testamento, Seminário Teológico de Lisboa; doutorando do curso Arte Contemporânea, Colégio das Artes, Universidade de Coimbra. Viveu em Paris, Amesterdão, São Francisco.

Entradas

1

 UMA VERTENTE DA ÉTICIDADE PÚBLICA
MOTEL COIMBRA 2014

Catálogo da Exposição